Concurso Auditor Fiscal do Trabalho [Salário altíssimo]

5 (100%) 11 votes
O concurso de Auditor Fiscal é bastante concorrido, e existem diversos setores nos quais este funcionário pode atuar.

Apesar disso, as funções exercidas não variam tanto, consistindo, no geral, em fiscalizar a arrecadação de impostos.

Neste artigo, trataremos de uma posição mais específica do Auditor Fiscal, que é o concurso Auditor Fiscal do Trabalho.

A tarefa principal deste funcionário está relacionada diretamente com a área trabalhista do nosso país.

O Auditor Fiscal do Trabalho é responsável por manter em ordem e assegurar o cumprimento da lei quando se trata de segurança do trabalho e relações entre empregador e empregado.

Além disso, é o Auditor Fiscal do Trabalho que é responsável pela fiscalização da arrecadação para a previdência social, devendo garantir que ela seja paga conforme a lei para evitar que passemos por crises ou até mesmo que ela quebre, que é o problema que estamos enfrentando neste exato momento no país.

Podemos resumir que toda a atividade que envolve troca monetária dentro do trabalho, é responsabilidade do Auditor Fiscal do Trabalho para fiscalizar.

Temos também o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que também é fiscalizado por este profissional para impedir que ocorram fraudes, além de maximizar os ganhos por parte do empregado.

Quaisquer acordos que envolvam o FGTS, a contribuição ou a própria remuneração dos empregados, deverá passar antes pelas mãos do Auditor Fiscal do Trabalho para que sejam aprovadas ou não.

Auditor fiscal do trabalho

O concurso para Auditor Fiscal do Trabalho

Assim como o concurso para Auditor Fiscal, é necessário que o candidato tenha concluído qualquer curso no Ensino Superior para prestar esta prova e ingressar no cargo.

Porém, não se engane, pois isto não significa que a prova será mais fácil. Muito pelo contrário, não é exigido um curso superior específico pois o Auditor Fiscal precisa dominar diversas áreas.

Segundo o próprio edital Auditor Fiscal do Trabalho, este profissional deverá dominar Administração, Direito, Economia e Finanças, além de muitas outras áreas.

Ainda tratando do edital Auditor Fiscal do Trabalho, temos informações a respeito da prova a ser realizada.

Assim como a maioria dos outros concursos públicos, a prova consiste numa etapa objetiva, e a outra discursiva, ambas de caráter eliminatório.

Após isso, há uma verificação de títulos que podem garantir adicionais na remuneração base do candidato.

É necessário muito estudo por parte do candidato que tem como objetivo se tornar um Auditor Fiscal.

São muitas áreas relacionadas ao bom funcionamento do nosso sistema, o que demanda não só horas ou dias estudando, mas sim anos.

No geral, os candidatos aprovados no concurso Auditor Fiscal do Trabalho passam entre 1 ano e meio a 3 anos estudando.

Já temos a confirmação da realização de mais um concurso para Auditor Fiscal do Trabalho, que, segundo o edital Auditor Fiscal do Trabalho, conta com 1190 vagas.

Apesar de serem muitas vagas, são muitos candidatos, tornando o concurso extremamente disputado e difícil de ingressar.

Salário do Auditor Fiscal do Trabalho

O salário do auditor Fiscal do Trabalho é o principal motivo de termos milhares de candidatos disputando uma única vaga.

O mínimo recebido por um Auditor Fiscal é R$8.000,00.

Além do salário base, temos o acréscimo de benefícios e adicionais por conta do cumprimento de metas ao longo da sua jornada de trabalho.

Muitos Auditores Fiscais do Trabalho que já exercem o cargo a certo tempo, chegam a receber remunerações de R$30.000,00 e em alguns casos ela passa dos R$40.000,00.

Outro benefício extremamente interessante é o Bônus de Eficiência, que é um valor pago antecipadamente para o candidato de R$3.000,00.

Edital Auditor Fiscal do Trabalho: A prova

Citamos brevemente como dispõe-se o concurso Auditor Fiscal do Trabalho, porém, agora entraremos em detalhes de todas as matérias que são cobradas na hora da prova.

Dentre os conhecimentos necessários para ser aprovado no concurso Auditor Fiscal do Trabalho, temos:

  • Português;
  • Raciocínio Lógico;
  • Informática;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Administração Geral e Pública;
  • Seguridade Social;
  • Contabilidade Geral;
  • Legislação do Trabalho;
  • Legislação Previdenciária;
  • Segurança e Saúde no Trabalho;
  • Economia do Trabalho;
  • Auditoria e Direitos Humanos.

É evidente que a matéria que está mais em peso é a relacionada ao curso de Direito, porém, temos a abordagem de diversas outras matérias de outros cursos, como por exemplo Administração e Economia.

Logo, para se tornar um Auditor Fiscal do Trabalho e aproveitar os múltiplos benefícios ofertados por este cargo, o candidato precisa deter o conhecimento de praticamente tudo o que é necessário para manter o país funcionando.

Esta exigência exagerada é válida, não só pelo alto salário recebido pelo Auditor Fiscal do Trabalho, mas também por conta da responsabilidade colocada nas mãos deste profissional.

Podemos dizer que o sistema está nas mãos dele, e é papel deste funcionário garantir que ele funcione e não entre em colapso.

As arrecadações de impostos, independente da forma que estão, seja direta através de pagamento de boletos ao governo ou indireta, embutida nos produtos que adquirimos, é responsabilidade dele.

concurso auditor fiscal do trabalho

Preparação para o concurso Auditor Fiscal do Trabalho

Para se preparar para o concurso Auditor Fiscal do Trabalho, não basta estudar por horas e fazer todas as provas disponíveis.

É necessário muito mais, utilizando até mesmo algum curso preparatório para a realização do concurso.

São anos de estudos dedicados, porém, ao ser aprovado, todo este tempo investido retorna, e retorna muito bem.

A relação de esforço e recompensa é fortemente visível neste cargo.

Muitos cargos oferecidos no governo demandam alta dedicação, porém, não trazem tantos benefícios como o cargo de Auditor Fiscal do Trabalho.

Prepare-se para o concurso Auditor Fiscal do Trabalho, e não fique intimidado por conta do alto número de candidatos por vaga.

É possível sim ingressar nesta função, porém, os estudos são absurdamente cansativos e você deverá se entregar a esta prova para que tenha sucesso.

Quando se trata de concurso público, atingir 70% de aprovação numa prova não significa nada.

Quer participar de outros concursos públicos? Veja o Concurso FCC e confira as vagas disponíveis para 2019.

Pense sempre em acertar toda a prova, pois sempre há candidatos acertando mais que 90% das questões, e você não pode ficar de fora.

Related Posts
Leave a reply