Concurso TJ RS Abre Vagas Para 2020 Com Remuneração Alta!

Rate this post
Aos candidatos loucos para ingressarem no setor jurídico do nosso país, aqui vão boas notícias. Está aberto o edital do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (Concurso TJ RS), e não é somente um edital. Isto mesmo, temos dois editais abertos, para diferentes cargos disponíveis.

Temos, primeiramente, três vagas sendo ofertadas para início imediato, de Oficial de Justiça da Classe O.

Além desta, há um edital com vagas abertas para Oficial de Justiça da Classe PJ-H e para Assistente Social da classe PJ-J.

A autorização do concurso já está garantida por toda a comissão preparatória e responsável pela organização do concurso e terá como banca a Vunesp.

A princípio, serão duas provas, uma com contratação imediata por conta da alta necessidade do órgão no ingresso de um Oficial de Justiça, que de fato não tem condições de esperar até o ano que vem para contratá-lo.

TJ RS

Concurso Tj RS Consulta de Oficial de Justiça PJ-H

Primeiramente, vamos tratar dos cargos de Oficial de Justiça da classe PJ-H e do cargo de Assistente Social PJ-J.

São 24 vagas para o cargo de Oficial de Justiça, e 4 para assistente social do TJ RS.

A remuneração ofertada para o cargo de Oficial de Justiça é de R$4.712,55, acrescido também com um auxílio condução de R$942,51 e um risco e vida de R$1.649,39.

Já o assistente social, terá um salário de R$6.912,07 com uma gratificação de R$2.764,83.

Como todo cargo ofertado no Concurso Tj RS, há uma série de benefícios à disposição do candidato, como por exemplo o :

  • Auxílio refeição;
  • Auxílio alimentação;
  • Avanço salarial de 3% a partir de 3 anos de exercício da função;
  • Abono familiar que acresce 10% para cada ativo ou inativo;
  • Adicional por tempo de serviço, que pode ser 15% após 15 anos de função ou 25% após 25 anos trabalhando no órgão;

Para o Oficial de Justiça PJ-H, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais, e possui um período flexível para ser exercido, podendo ser feito como serviço externo, regime especial ou trabalho fora do expediente.

As principais atribuições deste funcionário são:

  • cumprir mandatos e diligências pessoalmente;
  • realizar pregões, notificações, intimações, citações;
  • executar quaisquer outros pedidos ordenados por seus superiores dentro do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

O candidato poderá concorrer ao cargo tendo, no mínimo, o Ensino Médio completo e reconhecido pelo Ministério da Educação.

É de suma importância ter o diploma de conclusão em mãos, pois poderá ser solicitado em algum momento.

Para o cargo de Assistente Social Judiciário PJ-J, temos também as 40 horas semanais, no mesmo esquema citado anteriormente, ou seja, também pode ser realizado em regime especial.

As atribuições é que são totalmente diferentes.

No caso do Assistente Social do TJ RS, ele deverá prestar assessoria aos juízes, principalmente nos assuntos relacionados à Juventude, Infância, Execução Criminal, Família, Violência Doméstica e Familiar e, por fim, assuntos referentes aos Idosos.

Este servidor é o funcionário por pesquisar, estudar e planejar a execução de determinados projetos para a área social, contribuindo para o desenvolvimento e orientação dos processos judiciais em andamento.

As exigências para entrar nesta função são maiores do que para o cargo de Oficial de Justiça, uma vez que o candidato, além de ter o ensino superior num curso de Serviço Social, reconhecido também pelo Ministério da Educação, deverá possuir no mínimo 12 meses de serviço comprovados, ou seja, com carteira assinada.

TJ RS concurso

A prova Vunesp Tj RS

Agora, a cereja do bolo para qualquer concurso.

É o caminho mais fácil para ingressar em qualquer sistema do governo, estudando a prova. Entender o seu funcionamento, e quem organiza, é fundamental para ir bem.

A banca responsável por organizar o Concurso Tj RS é a Vunesp, bastante conhecida pelos concurseiros ativos.

Ao que cai na boca do povo, suas provas são fáceis e não demandam muito estudo para que se atinja um bom resultado.

Porém, isto já virou lenda, pois a banca cresceu e suas questões também evoluíram.

Este boato corre pois, no passado, a banca realmente deixava a desejar, elaborando questões que qualquer um, mesmo sem entender do assunto, seria capaz de responder e conseguir uma boa pontuação final.

Agora, prepare-se para enfrentar pegadinhas e questões realmente complicadas.

Para o cargo de Oficial de Justiça, a prova conta com 80 questões de múltipla escolha, e tem caráter eliminatório e classificatório.

São 30 questões de Língua Portuguesa, 50 de Conhecimentos Específicos e alguns tópicos de legislação, como por exemplo Direito Constitucional, Direito Processual, Direito Civil, Legislação Administrativa, Legislação Especial, Direito Penal e Processual Civil.

Por fim, temos também 10 questões de microinformática.

No caso do cargo de Assistente Social Jurídico, temos também 80 questões, porém a forma de divisão delas é um pouco diferente, e aborda um assunto a mais.

São 30 questões de Língua Portuguesa, 30 de conhecimentos específicos, 15 de tópicos de legislação e 5 de microinformática.

Nas questões de microinformática de ambas as provas, você pode se preparar para encontrar conteúdos referentes ao ambiente Windows, planilhas no Excel e Cálc., editores de texto, como por exemplo o Word e o Writer.

Também poderá ser cobrado softwares de apresentação, como o Power Point e o Impress, redes de computadores e internet e conceitos fundamentais de proteção e segurança no computador e na rede.

TJ RS consulta

Como se preparar para o Concurso TJ RS

O Concurso TJ RS é uma prova importantíssima para muitos, principalmente por seus excelentes benefícios.

Para se preparar, recomendamos que você estude mais a fundo a banca organizadora, no caso, Vunesp Tj RS.

Após isso, comece a ir atrás de provas antigas, e faça a maior quantidade de questões possíveis.

Organização também é fundamental nesse momento de estudo.

Crie uma rotina, determinando dias específicos para sentar-se e estudar a fundo os temas que aparecerão na sua prova.

Não deixe muitos buracos de dias sem estudo, pois assim o seu cérebro não exercita e perde eficiência.

Mantenha-se ativo fisicamente, realizando exercícios e mantendo uma boa alimentação, para assim evitar possíveis picos de estresse e esquecimentos na hora da prova.

Related Posts
Leave a reply